O evento foi promovido pelo Afrem Sindical

Com o tema “Os desafios da gestão tributária na era digital”, o Sindicato dos Fazendários do Recife (Afrem Sindical) iniciou, nesta quinta-feira (5), o II Encontro de Auditores do Tesouro Municipal do Recife. O evento contou com personalidades de destaque no ecossistema digital, como Silvio Meira, fundador e presidente do Conselho de Administração do Porto Digital e professor da Cesar School; Claudio Marinho, também fundador do Porto Digital, consultor em cenários e estratégias na Porto Marinho; Alcides Niceas, presidente do Softex Recife, Leonardo Cerquinho, presidente de Suape, entre outros.

A abertura foi realizada pelo presidente do Afrem Sindical, Fábio Macêdo, e pelo Secretário de Finanças, Ricardo Dantas.  “Tivemos há dois meses uma discussão dentro do grupo estratégico de governo para entender um pouco como essa mudança do mundo digital tem afetado as instituições, a credibilidade dessas instituições, num mundo onde todo mundo pode dizer o que quiser sobre qualquer coisa, e fica a pergunta: onde está a verdade?”, argumentou, acrescentando que ficou satisfeito em ver que o Sindicato está proporcionando aos fazendários uma discussão aprofundada sobre o cenário tecnológico.

Erick Paulino, da Consultoria Aika, adiantou que não veio para falar sobre o mundo digital, nem sobre questão tributária. “Eu vim falar de pessoas. Como as pessoas respondem a esse ambiente que vivemos”, informou mostrando como funcionam as resistências culturais às mudanças, os cenários de transformação digital e como tudo isso impacta na vida das pessoas.  

Silvio Meira abordou o tema “Como as plataformas digitais estão mudando o trabalho, a economia e a sociedade”. Ele apresentou as estatísticas do futuro do trabalho com a inteligência artificial, a internet das coisas, a big data e a robótica nos países desenvolvidos e como o Brasil está reagindo a este cenário de transformação digital.

Claudio Marinho mostrou o quanto o Porto Digital impactou para Pernambuco e para o mundo com um celeiro de 10 mil profissionais trabalhando em 328 empresas no Porto Digital, que movimenta 300 milhões de reais de arrecadação de ISS.

Alcides Niceas apresentou 3 cases de empresas do Porto Digital. Américo Amorim, da Escribo, falou da plataforma gameficada para alfabetização e letramento com 350 jogos; Pedro Macêdo mostrou a In Loco, empresa de tecnologia que fornece inteligência a partir de dados de localização; e Rafael Cavalcante e Emídia Felipo, que abordaram como a Neurotech, startup de  inteligência artificial que atua com mineração dados e  análise preditiva, pode ajudar a prever oportunidades de negócios.

Leonardo Cerquinho, presidente de Suape, mostrou o cenário de transformação digital do Porto de Suape, além de apresentar o programa de inovação já instalado na instituição, que conecta o fortalecimento da sinergia entre pessoas, desenvolvimento social como foco claro e resolução de desafios através de inovação. Além disso, Suape está criando uma comunidade portuária-industrial conectada ao ecossistema  digital de Pernambuco.

 

..................

Redação: Andréa Pessoa
Fotos: Alexandre Oliveira 

Rua Prof. Andrade Bezerra, 64 | Parnamirim
Recife – PE | CEP: 52.060-270
Tel.:(81) 3441-6044
afremsindical@afremsindical.org.br