Lúcia Tolentino é fazendária aposentada e associada do Afrem Sindical

Uma exposição inspiradora da artista plástica Lúcia Tolentino, intitulada “A cor da voz”, acontece até sábado, dia 9 de junho, na Loja Adroaldo Tapetes. Ela é fazendária aposentada e associada do Afrem Sindical. O endereço fica localizado de Av. Domingos Ferreira, 2343, Boa Viagem.

Mesmo tendo que conviver com um Acidente Vascular Cerebral (AVC) há mais de 15 anos, a artista não largou o ofício de criar suas obras de arte. Por conta de problemas na mão direita, ela reaprendeu a pintar com o lado esquerdo, mostrando sua força para superar todos os obstáculos.

A filha da artista, Sílvia Tolentino, disse que a mãe é a sua grande fonte de inspiração diária. “Para mim, superação não é ausência de medo. Superação é o medo andando. Quando minha mãe teve o AVC, ela teve muito medo de não mais andar, falar ou pintar. Esse medo andou, ele virou um ‘sai da frente’, uma vontade de voltar a falar e a pintar. Hoje em dia, ela fala com a arte dela”, relatou.

Sílvia conta que Lúcia sempre foi das artes e da comunicação. “Antes do AVC, ela era mais rígida consigo mesma. As pinturas eram mais preocupadas com forma e função. Hoje em dia é pura leveza e gentileza consigo mesma. O trabalho não é preocupado com forma e função.  É um trabalho de pura alegria. É e uma forma linda de expressar a voz interior. Tanto é que o tema da exposição é a Cor da Voz. Ela é o tipo de pessoa que visualiza o colorido no preto em branco”.

A filha explica que o processo de reabilitação do AVC foi muito árduo. “Ainda há muitas dificuldades, mas é um processo regado a muito amor e carinho por parte da família e dos amigos. A inspiração de minha mãe é o colorido da vida”.

Acesse a notícia do Bom dia PE do dia 7.6.2018, no link https://globoplay.globo.com/v/6792298/programa/

Rua Prof. Andrade Bezerra, 64 | Parnamirim
Recife – PE | CEP: 52.060-270
Tel.:(81) 3441-6044
afremsindical@afremsindical.org.br